Degustação de Cerveja – Parte 3 de 3

Seguindo nossa série de artigos sobre degustação, agora é a vez de conhecermos mais sobre a experiência em si.

A degustação lida com cada um dos nossos sentidos e é importante usá-los todos pra ter a melhor e mais completa experiência possível.

Tomar nota de suas impressões pode ser interessante pra comparar ou relembrar alguma cerveja que gostou
  • Visual: Olhe bem para o copo, de preferência contra a luz. Qual a cor de sua cerveja? Ela é turva ou cristalina? Brilhante ou opaca? Tem sedimentos na cerveja? Sobre a espuma, ela tem uma boa formação? Retém por muito tempo ou baixa logo após servida? Qual a cor da espuma, sua textura…
  • Olfato: Hora de cheirar sua cerveja! Aqui é importante citar alguns pontos chave: qualquer coisa com fortes odores pode comprometer essa parte da análise, seja um perfume forte demais, copos e canecas de alumínio podem dar a falsa sensação de oxidação, segurar um lápis na mesma mão do copo enquanto analisa pode passar uma falsa sensação de amadeirado, um ambiente como uma cozinha, cheia de temperos ou com o jantar sendo preparado, irá destruir sua experiência!
  • Paladar: Essa é a parte que mais gostamos, não é? Mas será que paramos pra observar o que tomamos? Então dedique um bom tempo aqui, com goles pequenos deixe a cerveja preencher a boca e realmente sinta seu sabor. Seja enquanto ela ainda está na boca ou o residual (após engolir, o que sobra de paladar?). Tente puxar de sua memória associativa por paladares que lembrem momentos de sua vida, alimentos e bebidas que já tenha provado ao longo de sua vida.
  • Tato: Como é? É pra enfiar o dedo dentro da cerveja? Não não! Nossa língua é rica em músculos e por isso tem um tato muito sensível! É possível sentir a diferença de textura entre a alta carbonatação de uma Brutt e o aveludado de uma Barleywine por exemplo. A cerveja escorrega por sua boca, ou é áspera conforme a engole?

Artigo publicado originalmente na revista “Cerveja de Todos os Jeitos” em Abril de 2018.

Adquira o livro A Mesa do Mestre Cervejeiro de Garret Oliver no Amazon.

Fred Banionis

Sommelier, homebrewer, bartender, barista, fotógrafo, motion designer e nas horas vagas ser humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest